Acústica do MEO Arena vai ser melhorada

  •  
  • 1

Segundo um comunicado enviado à Arte Sonora, a MEO Arena vai ser alvo de uma intervenção pela empresa Jocavi com vista ao melhoramento das condições acústicas.

Entre as propostas apreciadas para a intervenção na segunda maior arena coberta da Europa, a empresa escolhida para a execução dos trabalhos foi a empresa Portuguesa JOCAVI, Painéis Acústicos.

Segundo comunicado oficial do Meo Arena, «teve início esta semana um projecto de melhoria gradual da acústica da maior sala de espetáculos do país.

«Numa primeira fase esta intervenção irá reduzir expressivamente — entre 28% e 33% — o tempo de reverberação existente, fazendo com que melhore significativamente a qualidade sonora para os utilizadores do espaço. O objectivo seguinte é o de atingir — após testes em ambiente real — uma redução da reverberação em 50%.

Tendo em conta as características arquitetónicas deste emblemático edifício, este projecto resulta da estreita colaboração entre o Arquiteto Regino Cruz, a equipa técnica do MEO ARENA e a JOCAVI – empresa responsável pelo estudo e implementação do projecto – de forma a conciliar os requisitos acústicos com a estética da sala.

A intervenção contempla a construção de um elemento absorvente circundante em todo o perímetro do pavilhão, a aplicação de painéis acústicos em certas áreas das torres técnicas e a aplicação de milhares de pequenas peças absorventes nas bancadas».

O prazo de execução da primeira fase deste projecto, desenvolvido com know-how exclusivamente português, é de 2 meses, o que segundo Jorge Vinha da Silva – Administrador Executivo da Arena Atlântico – «é um primeiro passo de uma melhoria contínua que se pretende implementar nas condições acústicas da sala.» Estando previsto o primeiro concerto com a sala acabada a 6 de Julho com o concerto de Rod Stewart.

Este projeto faz parte de uma estratégia da equipa de gestão da ARENA ATLÂNTICO, que desde a privatização deste equipamento, se tem concentrado em melhorar de forma consistente e sustentada a experiência e o conforto de quem assiste aos eventos de uma da maiores Arena da Europa.

De acordo com João Vieira, CEO da JOCAVI, esta seria já uma prioridade para a MEO Arena e uma intervenção já desejada há alguns anos. «Recordo que em 2006 a Jocavi tinha feito um projecto e uma proposta para o tratamento acústico, que na altura por razões financeiras não avançou».

Falámos com  José Faísca, Crowd Manager do Meo Arena, e João Vieira, CEO da Jocavi para ficar a conhecer ao pormenor todos os melhoramentos que estão a ser implementados. Um entrevista para ler aqui.

Foto: Paulo Maninha

Ficha técnica

11/05/2016 Filipa Bule

Array
(
    [post_type] => Array
        (
            [0] => hot_gear
            [1] => breve
            [2] => featured
        )

    [posts_per_page] => 3
    [post__not_in] => Array
        (
            [0] => 47837
        )

    [orderby] => rand
    [tag__in] => Array
        (
            [0] => 6002 
            [1] => 1232 
            [2] => 14076 
            [3] => 17269 
        )

)
  IR PARA O TOPO