Deep Purple em Portugal em Julho

  •  
  • 1
  •  

Ritmos e Blues anuncia a passagem de “THE LONG GOODBYE TOUR” a 4 de Julho pelo Meo Arena, possivelmente a última oportunidade de ver a banda ao vivo no nosso país.

A banda apresenta em Portugal o álbum “inFinite” que será editado em 2017.

Ian Gillan, Roger Glover, Ian Paice, Steve Morsee Don Airey (Fase VIII da banda) continuam a explorar os caminhos diversificados do hard rock – as texturas e nuances dos trabalhos mais recentes nada têm de recauchutado.

Se pusermos o catálogo inteiro da banda a tocar em modo aleatório, o resultado será um dos melhores tributos à música rock. Nos anos mais recentes, os Deep Purple têm-se alargado progressivamente a novas áreas do rock, de modo a captar o interesse de fãs que ainda não eram nascidos na época em que os Deep Purple dominavam a cena musical. Os álbuns ‘In Rock’(1970),‘Machine Head’ (1972) e ‘Made In Japan’ editado em 1973, catapultaram a banda para o topo da tabela no que toca a facturação em espectáculos ao vivo e vendas de discos pelo mundo inteiro, com a música ‘Smoke On The Water’ a alcançar o estatuto de mega hit.

Tendo acumulado tantas músicas que são consideradas “clássicos”, os alinhamentos dos concertos ao vivo são sempre alvo de debate entre os fãs mais antigos e os mais recentes, especialmente com a nova edição de ‘NOW WHAT ?!’, o álbum com título de ouro que entrou nos top 10 de todo o mundo. O último capítulo de uma carreira com mais de 120 milhões de álbuns vendidos, e que vendeu por si só mais de meio milhão de cópias tendo a banda vendido mais de 1 milhão de bilhetes para concertos desde a sua edição.

Os vídeos “From the Setting Sun in Wacken” e “To the Rising Sun in Tokyo” atingiram, no mesmo dia, o 1º e 2º lugares na tabela de vídeos do Reino Unido, mostrando assim o fascínio que os espectáculos da banda exercem junto dos seus fãs.

UHF foi a banda escolhida para fazer a primeira parte de Deep Purple. Ausentes do concerto solidário de 3ª feira no MEO Arena – a favor das vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande, os UHF não querem deixar de se associar a esta causa doando 10% do cachet aos Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande.

BILHETES
Os bilhetes estão disponíveis para venda no dia 7 de dezembro 

Balcão 2: € 35.00
Plateia em pé: € 45.00
Balcão 1: € 55.00
Balcão 0: € 65.00
Mob. Condicionada: € 35.00

Ficha técnica

05/12/2016 Redacção

Array
(
    [post_type] => Array
        (
            [0] => hot_gear
            [1] => breve
            [2] => featured
        )

    [posts_per_page] => 3
    [post__not_in] => Array
        (
            [0] => 60913
        )

    [orderby] => rand
    [tag__in] => Array
        (
            [0] => 1432 
            [1] => 2931 
            [2] => 17269 
            [3] => 17288 
        )

)
  IR PARA O TOPO