KoЯn vs Rock in Rio Lisboa: Os comunicados oficiais

  •  
  • 0

Tanto a banda como a organização do Rock in Rio já emitiram comunicados quanto ao que se passou durante o concerto de Korn no Rock in Rio Lisboa 2016.

A banda entrou em palco já com algum atraso em relação à hora marcada. Nos primeiros minutos de “Blind” houve um corte eléctrico no som de palco. Jonathan Davis demonstrou o seu desagrado com um gesto de mão de “don’t like“. Voltaram passado algum tempo e novamente em “Blind”, a música escolhida para começar, houve novamente uma falha técnica, a banda volta abandonar o palco. Durante cerca de uma hora, o público esperava pela banda ou por uma explicação. Ouve-se uma voz ligada à produção a dizer que estavam com um pequeno problema técnico e que estava a ser resolvido. De pequeno tinha pouco…

Um casal inglês, a rondar os 50 anos, que se encontrava junto à equipa da Arte Sonora perguntou se podíamos traduzir, comentando connosco, «há mais de 30 anos que vamos a concertos e festivais e nunca vimos uma coisa destas. É a mesma equipa do Rock in Rio Brasil? […] nós estamos com sorte, viemos só para ver Rival Sons.»

Entretanto os Korn voltaram e ainda conseguiram tocar algumas músicas, até que durante “One” a habitual cover de Metallica, o som do palco voltou a ir abaixo. Foi o fim da passagem dos Korn pelo Rock in Rio Lisboa.

No facebook oficial do Rock in Rio pode ler-se o seguinte comunicado:
«O Rock in Rio Lisboa lamenta o sucedido. Tudo indica que o problema foi do equipamento da banda estando, ainda, os detalhes a serem apurados.
Os concertos de Hollywood Vampires, Rival Sons e Rock in Rio – O Musical decorreram normalmente, tendo entrado na Cidade do Rock neste dia 27 de maio 56 mil pessoas. As reclamações do público foram recolhidas e a Organização dará uma resposta nos próximos dias.»

Por sua vez a banda diz, também através do seu facebook: «Esta noite tivemos alguns problemas com a alimentação do palco e infelizmente não podemos terminar o nosso set. As nossas sinceras desculpas a todos os fãs de Korn.»

Quem segue a Arte Sonora, sabe que temos colaboradores e vários contactos desde técnicos de som a roadies, passando por técnicos de iluminação que trabalham nos vários festivais portugueses. Foi junto desses contactos que tentámos perceber o que se passou em termos técnicos. No entanto, ainda não se sabe ao certo. «Ninguém percebeu. Os Korn estiveram durante dois dias a ensaiar em Lisboa e não houve qualquer problema técnico. Mas a verdade é que também não tivemos nenhum problema técnico com mais nenhuma banda que passou por esta edição. É inexplicável».

Ficaremos a aguardar uma resposta do Rock in Rio Lisboa a todas as reclamações que foram feitas ainda dentro do recinto no livro de reclamações. O que é mesmo certo é o facto que milhares de fãs de Korn que foram até à cidade do Rock, saíram de lá sem assistirem a um concerto completo da banda e que o mais provável é não conseguirem reaver o custo pago pelo bilhete, uma situação bastante sensível e complicada de gerir, para ambas as partes. Resta-lhes a esperança de a tour de apresentação de um novo álbum que está por sair passe por Portugal.

Em baixo vê a galeria das fotos captadas por John Batista, fotógrafo da Arte Sonora, durante o concerto.

Ficha técnica

28/05/2016 Inês Barrau

Array
(
    [post_type] => Array
        (
            [0] => hot_gear
            [1] => breve
            [2] => featured
        )

    [posts_per_page] => 3
    [post__not_in] => Array
        (
            [0] => 49330
        )

    [orderby] => rand
    [tag__in] => Array
        (
            [0] => 14377 
            [1] => 14378 
            [2] => 4305 
        )

)
  IR PARA O TOPO