R.I.P. Chris Cornell

  •  
  • 0
  •  

Vocalista incontornável dos Soundgarden e Audioslave partiu ao 52 anos.

Foi Brian Bumbery, o agente do cantor que teve o papel de mensageiro, tratou-se de uma morte «repentina e inesperada» e que todos estão ainda em choque.

Segundo a Associated Press, Cornell terá cometido suicídio no quarto de hotel em Detroit.

Chris Cornell foi um grande impulsionador do movimento Grunge em Seattle nos anos 90, momento em que o género começou a ganhar mais notoriedade. Em 1984 formou os Soundgarden, e mais tarde, em 1990 formou o grupo Temple of Dog com vários artistas que iriam posteriormente fazer parte dos Pearl Jam. Juntou-se ainda aos instrumentistas de Rage Agaisnt The MachineTom Morello, Brad Wilk e Tim Commerford, para criar os Audioslave.

Em 1994, lançou o álbum “Superunknown” com os Soundgarden que popularizou a banda no mainstream através de singles como “Black Hole Sun”, “Spoonman” ou “Fell on Black Days”. A sua carreira a solo inclui o projeto “Scream”, produzido por Timbaland e editado em 2009, e ainda uma contribuição para o filme “Machine Gun Preacher” que lhe valeu uma nomeação para os Golden Globes.

Os Soundgarden andavam em tour pela América do Norte, tendo vários concertos agendados em Maio. O último decorreu ontem (17 de Maio) em Fox Theatre em Detroit. Parte a voz, o legado fica.

Ficha técnica

18/05/2017 Redacção

Array
(
    [post_type] => Array
        (
            [0] => hot_gear
            [1] => breve
            [2] => featured
        )

    [posts_per_page] => 3
    [post__not_in] => Array
        (
            [0] => 65994
        )

    [orderby] => rand
    [tag__in] => Array
        (
            [0] => 11211 
            [1] => 10310 
            [2] => 4653 
        )

)
  IR PARA O TOPO